12 agosto, 2017

Umas atualizações sobre minha vida

Não sei como começar essa postagem, tenho muita coisa a dizer. A última vez que nos vimos foi logo quando minhas férias começaram, rascunhei um post sobre dizendo que de fato ela foi muito boa e produtiva, mas acabei desistindo de publicar.
Imagem de anime and noragami
Férias começou, férias acabou e eu voltei a rotina de almoçar às 11:00h, ter meia hora para me arrumar e mais uma para chegar a faculdade. Surpreendentemente, eu acabei não lendo muito no começo das férias pois estava desanimada desde que as provas começaram e eu fiquei atolada estudando, chegando as duas últimas semanas (minhas férias tiveram um pouco mais de um mês), devorei um livro atrás do outro junto de alguns mangás. Estava ansiosamente esperando o tal "Nisekoi" sair, li com uma tonelada de expectativas e acabei me decepcionando, não teve um aspecto da história que gostei, porém como não sou de desistir fácil, vou continuar acompanhando os próximos volumes com esperança que melhore.

Com o início das aulas, não sabia se ficava animada ou não, as matérias desse semestre simplesmente estão sendo duras para eu entender, ou ao menos ter vontade de estudá-las - como aconteceu no semestre passado - estou queimando meus neurônios nas aulas teóricas de neuroanatomia, é muita coisa que a professora deixou claro que teremos que decorar, isso mesmo, decorar. Fora isso, as aulas práticas são bem interessantes, nada como analisar um crâniozinho dissecado com dentes de brinde :') 

Acabei de me dar conta de que se eu escrevesse um livro, minha escrita seria daquelas que dá voltas e voltas e enrola eternamente para chegar ao ponto...

Bem, uns dois dias antes de as aulas iniciarem, comecei a entrar em pânico não pelo nervosismo de as aulas começarem mas pelo fato de que eu estava infeliz com o rumo que minha vida estava tomando, eu simplesmente havia parado de fazer tudo aquilo de que gostava, não estava mais com vontade de fazer absolutamente nada, cheguei a um ponto de ficar sentada na minha cama, olhando para o nada, por aproximadamente uma hora. À noite, pensei seriamente, quase com certeza absoluta em trancar minha faculdade, e até mesmo excluir esse blog.

Tenho um problema sério com o meu passado, eu sempre fui uma garota introvertida e tímida, e as pessoas acabaram achando que eu era uma esquisita por isso, muitas delas nem gostavam de mim. No ensino médio, aos poucos fui perdendo essa timidez, mesmo assim ainda era taxada de esquisita por, por exemplo, nem sempre ficar querendo abraçar e beijar todo mundo o tempo inteiro.

O problema disso tudo é que esse mundo é pequeno demais e é horrível sair na rua e ter de dar de cara com uma dessas pessoas que ainda acham que eu sou aquela de cinco, seis anos atrás. Eu mudei tanto e me orgulho disso, e quero e preciso mudar ainda mais, porém, ainda tenho pra mim aquela questão de querer demonstrar quem eu sou agora. Mas isso simplesmente não vai acontecer, não é algo desesperador, entendem?

Eu sei que tenho que superar isso, tentei acima contar de uma forma não muito reveladora o que realmente acontecia/acontece. Todas essas coisinhas me vieram a "esse dia" e me acertaram em cheio no estômago. O meu passado é o gatilho para eu sempre pensar em desistir de tudo que tenho agora, fico preocupada pensando em quando acontecerá novamente, se vou acabar querendo ou não mandar tudo pelos ares.

3 comentários

  1. Problemas com passado: também os tenho (quem não os tem?). Não é nem pelas coisas que aconteceram/deixaram de acontecer, é muito mais íntimo que isso, e muito mais difícil de explicar. Mas, sabe, que deixemos sem explicação. Somos frutos de nossas escolhas, e estas continuam a voar ao nosso redor todos os dias; depende de nós a decisão de quais agarrar desta vez e nas vezes que estão por vir, e temos maturidade suficiente, graças a tudo o que já vivemos, para termos acertos bem bonitos! Esbaldemo-nos com as possibilidades 😉

    ResponderExcluir
  2. Nossa, me identifiquei tanto com você! Atualmente estou no Ensino Médio, e acredito que pelas minhas costas as pessoas ainda me taxem de esquisita pela minha extrema timidez de alguns anos atrás... Bastante triste, mas vida que segue, né? O importante é você estar feliz consigo mesma e ligar o "tô nem aí" para essas pessoas insignificantes!

    Beijos...
    Entre Devaneios

    ResponderExcluir
  3. Olá Querida!
    Acho que é minha primeira vez aqui~comentando!
    Me identifiquei bastante com você! Já terminei o Ensino Médio, faz 3 anos esse ano, e sou muito julgada por não cursar faculdade ainda e não ter namorado TT || OBS: Tenho 20 anos!
    Também tenho certos problemas com meu passado!
    E acho que no meu caso, meu passado me condena TT !
    Também já tive momentos que parei de fazer tudo que gosto e que me deixava feliz! Já fiquei meses sem saber o que fazer, deitada na minha cama olhando para o nada! Parecia que nada mais fazia sentido, e não gostava do rumo que minha estava tomando! Já houve momentos que quis desistir do meu Curso/Jovem Aprendiz, e do meu sonho de cursar Letras/Inglês na faculdade! Sou julgada por ser muito tímida e não conseguir falar direito com as pessoas! É muito difícil para mim falar com as pessoas, até mesmo as que já conheço!
    Atualmente estou tendo viver a vida da melhor forma possível, fazendo as coisas que eu gosto! Espero que essa sensação ruim sobre esse momento, e sobre momentos ruins futuros não te impeçam de ser você mesma e de viver sua vida da melhor forma possível, independente do que aconteça! Te desejo dias melhores e boa sorte e muito sucesso em tudo que fizer!
    Beijos & Abraços!
    ~Blog Novo, e Canal Novo-> em breve novos posts e vídeos~

    Blog: www.palomari.blogspot.com.br/
    Página: www.facebook.com/blogpalomari
    Instagram: www.instagram.com/palomari97
    Youtube: www.youtube.com/user/crispearls/
    Stardoll: Lomaris

    ResponderExcluir

Ps. Marque a caixinha "notifique-me" para saber quando respondi seu comentário (:

Fique à vontade se quiser dizer algo sobre a postagem, ficarei feliz em respondê-lo!

"Existem coisas melhores adiante do que qualquer outra que deixamos para trás".
- C.S. Lewis

Desenvolvido com ♡ por Beatriz Carvalho | Proibida cópia parcial ou total e/ou inspiração ©
Powered by Blogger.